A história da camisa esquecida

Oi, gente!

Acabei de começar o blog e, obviamente, ainda não tenho muitos leitores. Como eu sou otimista, acredito que nos próximos dias vocês vão aparecer e estarão lendo esse post aqui (alguns já me seguem no Instagram @looksnoespelho), então vamos começar.

Pra quem não me conhece, tem uma pequena descrição aqui no blog, mas vou tentar resumir um pouco da minha história antes de começar os looks.

Meu sonho sempre foi ser atriz e faço teatro desde os 11 anos. Quando chegou a hora de entrar na faculdade, a instabilidade da profissão me levou a outros caminhos e, depois de alguns meses de indecisão, resolvi tentar a faculdade de Moda. Gostei muito do curso, mas tinha dois problemas: enquanto todas as minhas colegas de sala se animavam muito com as aulas práticas, eu só queria saber das teóricas. Não que eu não gostasse das práticas, até gostava, mas eu não levava o menor jeito mesmo, chorava toda vez que a lição de casa era fazer um desenho, por mais besta que fosse – tipo um cubo. Era realmente um grande desafio e que me fez desistir. Não da moda, só da faculdade mesmo. Acabei entrando em Jornalismo, que há alguns anos também era uma opção bem presente, e foi aí que conquistei minha primeira profissão. Trabalhei em várias revistas legais e acabei parando em uma agência de marketing de relacionamento, onde estou até hoje.

Voltando lá no começo da minha história, o lado artístico nunca me abandonou. Continuei sempre com meus cursos de teatro como hobbie, até que, em 2013, resolvi me entregar a um curso profissionalizante, que me deu o DRT (o registro profissional de atriz) e a tão sonhada oportunidade de trabalhar na área. Hoje faço alguns testes e trabalhos, mas estou bem no comecinho.

Dentro disso tudo, tem o meu lado stylist também. Morro de vontade de fazer curso e ser personal shopper, ajudar as pessoas a se vestir, a fazer compras, a passar por meio da roupa a imagem que elas desejam, sua personalidade, enfim. Eu chego lá.

Por enquanto, criei o blog e o insta pra dividir com vocês alguns dos meus singelos looks, de forma bem amadora e precária. No espelho mesmo, com uma qualidade mais ou menos, mas que dá pra ver o que importa. Aos poucos, conforme o blog for evoluindo, eu vou melhorando tudo isso também.

Vamos ao look

Eu não sou rica e adoro uma boa economia na hora de fazer compras, mas sou muito consumista. Vivo comprando roupa, sapato, bolsa etc. Tudo em lojas mega-acessíveis, que eu vou dando os créditos aqui. Tenho uma pastinha no computador cheia de inspirações, que pego em blogs de moda que curto bastante. Para começar, entrei na onda das botas over the knee e tava com a ideia de usar com camisa comprida e shorts por baixo. De repente, lembrei que eu tinha uma muito antiga, que comprei em uma lojinha perto do metrô Santa Cruz (SP), e que já estava no que eu chamo de “purgatório”, uma área em que eu separo algumas roupas que ainda não decidi se vou me desfazer ou não.

Rapidinho corri nessa pilha de roupas e lá estava ela! Ufaaaa… monta daqui, experimenta dali e pronto:

IMG_0368Camisa: Catiluke | Bota: Cisi Calçados |
Shorts que não dá pra ver, mas vai aparecer de novo: Luigi Bertolli

Escrevi demais nesse post, para os próximos prometo ser mais objetiva. Ahhh, e só reforçando minha descrição, aqui no blog eu também vou falar sobre cinema, teatro e outras artes. Eu vejo muitos filmes e muitas peças, então vou colocar umas dicas aqui, tá? Talvez até coloque uns textos de pensamentos e afins.

Beijos, até logo! 😉

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s